quarta-feira, 30 de maio de 2012

Dietas/Emagrecimento


 Orientação para Redução de Triglicérides

Para alcançar o nosso objetivo de reduzir o trilglicérides devemos realizar uma dieta muito pobre em gordura (25g ao dia). Por isto preocupe-se sempre com o que vai comer. Observe bem os rótulos dos alimentos (a informação da quantidade de gordura) e preste atenção como você vai preparar os alimentos.

Alimentos com teores elevados de colesterol, gorduras saturadas ou gordura hidrogenada que devem ser abolidos da dieta!
Manteiga, margarina, creme de leite, chantilly
Leite integral, coalhada gorda ou queijos gordos.
Toucinho, torresmo, bacon, salames, lingüiça, presunto, apresuntada, mortadela, lombinho, salsicha e outros embutidos.
Carne de porco (pernil, lombo); e outras carnes gordas (cupim, picanha, etc).
Miúdos (miolo, rim, coração, fígado)
Frituras
Creme de ovo, maionese
Siri, camarão, lagosta, marisco, bacalhau, sardinha
Abacate, coco, amendoim, nozes.

Dieta para reduzir o triglicérides

1. Carnes: comer peixes magros (linguado, pescada e truta) ou aves (peito de frango, chester ou peru) sem pele e somente grelhados, assado ou cozidos utilizando nenhum ou a menor quantidade possível de óleo para o seu preparo. Evitar ao máximo carne de vaca, carneiro ou de porco, miúdos, frios e embutidos (salsicha, presunto e etc), sardinhas, camarão, marisco, frutos do mar e frituras em geral.

2. Laticínios: utilizar apenas leite desnatado, iogurte desnatado, iogurte com polpa de frutas zero em gordura (Linha Corpus ou Molico), queijo branco zero em gordura (Corpus e Danúbio), queijo tipo cottage e ricota. Evitar ao máximo leite integral ou alimentos que o contenham, manteiga, creme de leite, chantilly, queijos gordos (prato, provolone, muzzarela, etc.), requeijão.

3. Sorvetes: "picolés" de frutas, sorbet e frozen Yogurt zero de gordura são permitidos.

4. Pães e Cereais: preferência a pães light ou diet ou aqueles que não possuem gordura ou óleo entre os seus ingredientes (pão ciabata, pão francês, etc). Prefira macarrão sem ovo. Prepare o arroz (de preferência integral), leguminosas (feijão, lentilha, ervilhas) sem acrescentar óleo ou com a mínima quantidade possível. ; cereais integrais (aveia, trigo, centeio); cereais tipo flocos de milho, biscoitos de água e sal. Evitar: tortas, bolos, biscoitos amanteigados ou recheados, bolachas e doces em geral.

5. Frutas e vegetais: as frutas e vegetais contém uma baixa quantidade de colesterol e gordura, com exceção ao coco e abacate. Não preparar vegetais utilizando manteiga, óleo, molhos a base de maionese ou creme de leite. Uma boa dica é utilizar panelas que cozinhe no vapor ou grelhas.

6. Óleos e gorduras: utilizar o mínimo o possível e dar preferência aos óleos de canola ou oliva. Não utilizar banha de porco, manteiga., óleo de coco, óleo de amendoim, sementes oleaginosas (nozes, castanha do Pará, avelã), margarina (light ou normal) e requeijão (normal). NUNCA fritar os alimentos.

Recomendações adicionais:
Evite o açúcar (refinado, mascavo ou demerário), utilize adoçante da sua preferência.

Não ingerir bebida alcóolica de qualquer espécie.

Observe os ingredientes que são utilizados no preparo dos alimentos industrializados e dispense completamente aqueles que contenham gordura hidrogenada vegetal

Deve haver um aumento no consumo de fibras 30 à 40 g dia,(principalmente solúveis) através das frutas (laranja, banana, mamão, etc), vegetais (Brócolis, tomate, etc), cereais integrais (como arroz integral). Deve-se introduzir no café da manhã preparados com alto teor de fibra tipo All-Bran® ou Fibre-1® e adicionar no preparo de alimentos (feijão, sopas, etc) 1/4 de copo de farelo de trigo ou farelo de aveia (Oat Bran)®.

IMPORTANTE


Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios.


FONTE: Dr. Ashirley de Campos.
Postar um comentário