quarta-feira, 25 de abril de 2012

CELULITE: Dicas especiais para evitá-la e combatê-la

Aproximadamente 90% de todas as mulheres têm celulite, principalmente nas coxas e no bumbum. Vários fatores influenciam a quantidade de celulite de cada pessoa.
Predisposição genética, falta de exercícios apropriados e uma dieta rica em gorduras são alguns desses fatores. Muitas vezes esses fatores se combinam e acabam tornando comum a aparição das celulites.

Não existem fórmulas mágicas para se combater a celulite. A combinação de uma dieta com pouca gordura e a prática de exercícios físicos são importantes hábitos a serem adotados para auxiliar na redução da celulite.

A prática de exercícios aeróbicos é uma importante arma para combater a celulite. Porém, para resultados mais visíveis, é importante fazer musculação também para tonificar a musculatura que, mais firme, faz o tecido ficar com a superfície mais uniforme.

Para combater e ajudar a reduzir a celulite e a gordura localizada, procure adotar melhores hábitos alimentares:

  • Evite as frituras e os alimentos gordurosos
  • Evite comer alimentos que contenham açúcar refinado. Se você esta a fim de comer um doce, dê preferência às barrinhas de cereais;
  • Coma muitas fibras, pois elas ajudam a diminuir a absorção da gordura;
  • Evite colocar muito sal na comida. O sal faz o organismo reter líquidos, acarretando em um visual "inchado";
  • Beba muita água ao longo do dia;
  • Evite refrigerantes e bebidas alcoólicas que só fornecem calorias e nenhum nutriente.


Existem produtos de ação comprovada no combate à celulite, dentre eles o Gel Redutor. O Gel Redutor tem em sua fórmula ingredientes que trazem os seguintes benefícios:
  • Favorecem a dissolução da gordura;
  • Aumentam a micro-circulação (aumentam com isso a drenagem da gordura);
  • Agem na eliminação de líquidos retidos;
  • Reestruturam os tecidos, aumentando a tonicidade e elasticidade da pele
Nas primeiras semanas já é possível observar resultados positivos, com uma pele mais lisa, firme e sem ondulações.

Fonte: corpoperfeito.com.br
Postar um comentário