sábado, 31 de março de 2012

STEP

O Step foi descoberto por acaso, quando a professora Gim Miller sofreu uma lesão e seu fisioterapeuta recomendou que ela ficasse subindo e descendo de um banquinho de madeira para reforçar os músculos da coxa (quadríceps), uma atividade similar ao de subir escadas. Para dar fim à chatice do movimento, eis que Gim começa a mexer braços e pernas criando movimentos interessantes. Três anos depois, o exercício virou um novo segmento da ginástica, estimulante e viciante. Desde então, o Step é uma das grandes atrações das academias, principalmente porque o público feminino não costuma ser fascinado pela musculação. Hoje, as aulas de Step também podem estar aliadas às outras atividades.

As aulas de Step fazem com que o aluno se exercite, gastando calorias, sem perceber que está treinando. “Em muitos momentos da aula o aluno tem a sensação de estar envolvido em uma dança, gerando bem-estar físico e mental aos praticantes. essa atividade pode gastar de 300 a 500 quilocalorias em aulas de 30 a 60 minutos.

O Step nada mais é do que um segmento da ginástica, que garante aulas bastante agitadas que tonificam pernas e glúteos, proporcionando o alongamento, fortalecimento e equilíbrio dessas áreas do corpo, além de melhor seu condicionamento físico.

As aulas de Step emagrecem bastante além de trazer resultados rápidos para quem pratica ao menos três vezes por semana. Dedique cuidado especial para seus joelhos, devido o impacto dos exercícios.

Fonte: blog.academiasportvitta
Postar um comentário